Agressividade infantil

agressividade infantil, mundo de mãe, maternidade, filhos, psicologia infantil, criança agressiva

A agressividade infantil pode acontecer por diversos fatores que rodeiam as primeiras fases do desenvolvimento. E a família tem grande responsabilidade para que esse aspecto do desenvolvimento ocorra de maneira saudável à criança. Tanto a submissão quanto a frustração excessiva são graves fatores que desenvolverão um ego insuficiente e conflituoso.

As fases como:

  • Desmame;
  • Controle dos esfíncteres (xixi e cocô) ;
  • Reação ao negativismo dos três anos;
  • Reação ao nascimento de um irmão ou irmã;
  • Reação às atitudes dos pais.

Importantes quadros que, quando não vivenciados de modo saudável, são fortes contribuintes para uma agressividade exagerada.

As crianças que apresentam sua agressividade em desacordo com o que é considerado próximo ao saudável podem estar manifestando conflitos com:

  • Pais que não apresentam clareza e coerência em sua postura quanto a sua educação e limites.
  • Ansiedade e tristeza provavelmente em decorrência da falta de habilidade para controlar o próprio comportamento.
  • Muitas vezes a agressividade e desobediência são decorrentes de uma busca por autonomia por parte das crianças.
  • O sentimento de frustração facilita a atitude de agressão.
  • Carência em práticas disciplinares claras e coerentes podem reforçar os comportamentos agressivos.

Vamos pensar mais sobre isso???

DanielaRitaDaniela Rita de Souza
Psicóloga – CRP: 03/10945
Olhar de Criança

.